E u r e k a !

Certa vez, recebemos textos de jornalistas de uma equipe de comunicação interna. Segundo o Recursos Humanos, o gestor da área considerava imprescindível um curso de gramática, sobretudo, de pontuação.

Uma vez lido o material, eu que sou parca em vírgulas, não conseguia entender porque submetê-los à maratona de português. Dois consultores da língua concordaram comigo. O texto, embora impecável, não convidava à leitura. Faltava algo mais.


Quando falta algo



De repente, você junta os restos da geladeira, faz um prato genial. Sucedem, no entanto, situações em que os ingredientes são os mesmos, mas a comida fica insossa. Falta algo mais. O mesmo pode acontecer durante uma palestra ou na elaboração de um texto.

Igual ao ator que repete a peça cem vezes e cada vez necessita encontrar dentro dele algo mais, que torne aquele momento único. Assim, qualquer ato de comunicação precisa do eureka para emergir com força e equilíbrio.

Além de perseguir a riqueza de ideias e palavras, o refinamento e a clareza, você precisa de entusiasmo ou paixão, quem sabe, apenas o velho e bom comprometimento, a coerência interna e o jeito único de contar sua história. Ou seja, criatividade!

Featured Posts
Recent Posts
Archive
Search By Tags