Olhar de descoberta

Todo invento exige esforço concentrado. Debruçar-se sobre o mundo de possibilidades e arriscar, juntar coisas ou conceitos improváveis, virá-los do avesso, tornando-se obcecado pelas ideias.

Por isso, se você quer inovar, o primeiro passo é abrir mão dos sabotadores da criatividade. Bombardeados por estímulos de toda ordem, nossa atenção é seduzida pelo mundo externo. Em vez de mergulhar na experiência, mantendo os sentidos em alerta, dissipamos a curiosidade, aqui e ali e, muitas vezes, perdemos o foco.

A proposta dos exercícios criativos é voltar a atenção para si – olhar-se com os olhos de dentro. Suspender os julgamentos habituais e desenvolver um modo de atenção concentrada e aberta, logo inventiva. Ou seja, enxergar o mundo com o olhar de descoberta. Afinal, foco e criatividade, decididamente, caminham juntos.

Featured Posts
Recent Posts
Archive
Search By Tags